terça-feira, novembro 21

DDB









Agência: DDB Lisboa
Anunciante: DDB Lisboa
Director Criativo: Alexandra Duarte
Redactor: Alexandra Duarte
Director de Arte: Daniel Meneses
Fotografia: Francisco Prata
Pós Produção: Alexandre Garcia
Produção: Nuno Mendes
Contacto: Nuno Candeias, Manuel Rosado

11 comentários:

Fred disse...

Porra...isto é bom! gratz

Anônimo disse...

Eu gosto. Tem atitude. Tem pertinência. Mesmo que não gostasse, diria que era bom. As agência também têm de assumir a sua responsabilidade social. Parabéns.

Anônimo disse...

muito bom!!! chama a tenção logo á primeira.... bom texto e boas imagens

Flash disse...

Veiculado na newsletter interna da DDB?

Parabéns à DDB por inventar uma nova forma de veicular ghosts pro-bonos! Se não há cliente para assinar a ideia, assina a agência!

tavares disse...

Gostei da maneira da agencia meter um anuncio ca fora. ta fixe! não há cliente, não faz mal, somos nós a comunicar. hehehehe
gosto da idéia, da foto e da produção.
não gosto da direccao de arte.
t

Anônimo disse...

em primeiro lugar nao sou colaborador, nem fornecedor, nem nada à DDB, mas o anúncio "melancia" saiu no JN, sim.

Anônimo disse...

Eu acho banal. Faz-me lembrar os anúncios da Chiat Day (que era fantásticos mas há 20 anos), a direcção de arte é mazinha, a ideia assim assim. Mas felizmente é apenas a minha opinião.

picadores disse...

direcçao arte muito má... a ideia é procura-la cannes 92 ou cannes 97 com diferencas lol picanço...

Andreia disse...

Gosto.
Medianamente.

Na medida em que isto parte da agência, está a ser explorada uma ideia para a qual eles não têm autoridade nenhuma; ainda para mais, para aparecerem. Parece-me descontextualizada esta iniciativa.

Faz-me lembrar aquelas empresas que querem muito ser éticas e socialmente responsáveis para lucrar. muito frontalmente. Talvez até demais.
De qualquer forma, é uma ideia diferente e logo aí possui algum valor.

Para além disso, gosto do copy.

Anônimo disse...

Directo, impactante e muitíssimo criativo.

Parabéns

Bruno disse...

Acho a ideia bastante boa, acho o copy bastante bom, acho a direcção de arte um pouco naïf, mas come-se.
E embora me tenha feito à partida alguma comichão ser uma agência por trás disto, a verdade é que é, na minha opinião, do melhor que tenho visto desde o "beijar uma mulher que fuma é como lamber um cinzeiro".
Por isso, thumbs up!