quinta-feira, novembro 23

Yorn














Agência - Brandia
Director criativo - Marco Dias
Planeador estratégico - Nicolas Grassi
Copywriter - Miguel Martinho
Director de arte - Tiago Prandi
Produtora - Tangerina azul
Som - Display
Realizadores - Sérgio Henriques, Paulo Henriques, Salomão Figueiredo,
João Marques, Nuno Baltazar, Paula Gonzalez, Nuno Noivo.

25 comentários:

Anônimo disse...

Ganda conceito. Gandas anúncios!

Anônimo disse...

nossa, que coisa actual nunca antes vista: um flashmob... como é que ninguem pensou nisso antes?

Anônimo disse...

Gosto, gosto, gosto! não sei o que é mas gosto destes flashmobs da Tangerina

Anônimo disse...

Portugal precisa de campanhas assim!
Parabéns rapaziada e parabéns a um cliente que os tem no sítio!

Anônimo disse...

Está muito bom. Parabéns a todos. Boa marco! Tás em forma!

Flash disse...

Gosto muito! Boa ideia!
Parabéns ao Tiago e ao Miguel!

Zé Ratzinger disse...

Gosto muito da parte criativa desta campanha. A cena de ver gente a aparecer de tudo o que é sítio, está mais que vista em Portugal (exp: TMN e outras), no entanto, conseguiram pegar nesse conceito e melhorar (e muito).
Só não sei é se as mensagens que eles pretendem passar chegam mesmo a ser passadas, já que a mensagem publicitária em si (preços mais baixos para 10 pessoas, os sms, as promoções,etc)é só 3'' no final de um anúncio de 39 ''
Pormenores

Flash disse...

Esta é a prova que, sem um cliente corajoso e criativo, não se podem fazer campanhas criativas!

Sem querer retirar nenhum mérito aos criativos, o produto é essencial na publicidade que podemos fazer! Só podemos ir até onde nos deixam ir...

Mas parabéns, aproveitem um cliente à parte no mercado português!

Anônimo disse...

verdade. os anúncios são muito bons. mas tb que clientes é que aprovam coisas assim? poucos ou nenhuns.

Anônimo disse...

A MELHOR COISA QUE SE PODE VER NUM INTERVALO! PARABENS A DUPLA.!!! ATÉ QUE ENFIM, ALGUEM QUE PENSA DXANDO DE LADO AS FRASES FEITAS, TROCADILHOS E DICIONARIOS DE EXPRESSOES (a CONCORRENCIA)

Anônimo disse...

isso é muito bom! ha ha ha

Anônimo disse...

que coisa tao ultrapassada!!!!
horrivel!
ja foi feito em todo o lado excepto na tugalandia!!!!!
no ano passado houve a maior concentracao de "pillow flight" em NY - durou 10 segundos!!!!

Anônimo disse...

mas tá tudo louco?

Anônimo disse...

PARABÉNS!
Muito, muito bom.....acho que foi um verdadeiro refresh na publicidade da Yorn e em toda a publicidade portuguesa.
Parabens a todos os envolvidos Agencia, Cliente, Produtora.

Anônimo disse...

é pena que a criatividade nao se tenha aliado à qualidade. é de se esperar que as coisas apareçam melhor feitas ( com isto quero dizer filmadas e montadas) com tanto dinheiro envolvido.

Anônimo disse...

Sejamos correctos, trabalho dos criativos é um pouco relativo. O conceito flashmobs existe já há uns tempos e pela internet encontram-se casos às centenas.
O que é certo é que o aparato á apelativo e o ridículo da situação também, mas como materializar isto?
A Materialização é que falha, em especial o trabalho de rato de laboratório, montagem e pós´produção. Ainda não entendi o porquê de muitas opções.... ok é para vender :D

cumpriments

hidden persuader disse...

Youth mobs na sua essência pura e real. A mensagem? Está na atitude e na irreverência. O objectivo? Despertar moods de identificação gregária sem grandes promessas de marca. Os jovens precisam uns dos outros mesmo que ainda não saibam o que querem dizer, ao contrário dos adultos que sabem sempre o que dizer. Muito bom! Parabéns Nicolas, parabéns equipa criativa.

Anônimo disse...

Sejamos correctos mas não sejamos chatos.
Por favor quem está sempre a encontrar pelo em ovo raramente se diverte ou diverte alguem. Bom trabalho.

Anônimo disse...

Pois é. As flashmobs já fazem parte do passado. O verdadeiro desafio da criatividade é, precisamente, criar. Algo novo que os outros sigam. Não pegar em formatos do passado. Acho que os criativos portugueses conseguem fazer melhor que isto. Parece que esta empresa foi atrás dos filmes com multidões de gente que os outros já fazem. É pena. Pena que nas marcas portuguesas não haja capacidade de separar uma boa ideia de uma má...

Anônimo disse...

Parabens... afinal em portugal já se faz alguma coisa decente...

Anônimo disse...

"...atrás dos filmes com multidões?" mas como é que tu podes distinguir uma boa ideia de uma má se nem o consegues fazer para ideias diferentes. Sta paciência...

Anônimo disse...

no outro dia alguém comentou comigo que o tagline deveria ser "Portugal precisa dos yorns". Pensem nisso.

Anônimo disse...

É claro que os flashmobs já existem mas a agencia fez um excelente trabalho ao ter adaptado esse conceito para estes anúncios, nitidamente um conceito em cima do target do produto...bem escolhido e bem tratado.

Anônimo disse...

Que falta de originalidade. Como sempre e de costume, sempre atrasados e pouco originais.
Enfim.....

Anônimo disse...

de facto os flashmobs já existem há muito tempo mas a ideia de os aproveitar num anúncio e assim os trazer para portugal até podia ser boa. no entanto acho que foi muito mal explorada. afinal onde está o espírito flashmob? nos sms enviados pela yorn a recrutar people para o anúncio???