quinta-feira, março 29

Fundação Portuguesa de Cardiologia







Agência: Partners
Títulos: "Futebol", "Ténis" e "Saltos"
Directores Criativos: Lourenço Thomaz / Suzana Sequeira
Director de Arte: Lourenço Thomaz
Redactor: João Ribeiro
Fotografia: Krypton Photo
Ilustração: Krypton Photo

18 comentários:

Anônimo disse...

é uma boa campanha, chama a atenção e passa bem a mensagem.

Anônimo disse...

"À séria"?!
Mas o que é isso? Só se fala assim em lisboa e não está correcto. "Incentive o seu filho a fazer desporto a sério" seria o acertado para não fazer desta uma peça local... e com um body copy muito fraco.

Anônimo disse...

será que é impressão minha ou esta campanha é igual à que a McCann fez para o Ministério da Saúde? quer dizer, pelo menos esta tem uma diferença. direcção de arte... muuuuiito má.

Anônimo disse...

há jogos de futebol com melhor qualidade!

CC disse...

"À séria?"... a sério?

Anônimo disse...

"à séria" ?!
a ideia tem potencial mas além da execução ser fraca, o copy está terrível.

Anônimo disse...

o copy é uma desgraça. E isto para não dizer um atentado à língua portuguesa.

Anônimo disse...

a esta, ainda bem que nem eu nem ninguém a viu na rua...

nadia disse...

Não gosto da direcção de arte, mas gosto bastante da ideia.

Anônimo disse...

eu também não gosto muito da campanha mas não não vale a pena dizer coisas que não são verdade. já vi esta campanha na rua.

Anônimo disse...

a mim me gusta

Anônimo disse...

Hum, acho que é mesmo caso para perguntar: isto teve direcção de arte? Os grafismos podiam estar bem melhores.
As peças além de não terem qualquer acentuação, estão mal escritas: a séria (além de estar mal, pretendiam "à séria") não existe, meus senhores.
Não sei em que meio isto pretende ser colocado (a melhor solução seria nem colocar, tão pouco), dado que além do Copy ser uma miséria, para Outdoors o simbolo da instituição em causa está demasiado dissimulado ali no meio.
A ideia, essa, mas só essa, está boa.

DC

Anônimo disse...

de facto esta campanha e a da colesterol têm coisas em comum. se bem que esta faz-me algum sentido (por um miúdo no ambiente dos jogos que está habituado a jogar) têm graça, faz sentido e não é gratuito. enquanto na outra dizer: com o colesterol não se brinca e por causa disso fazer um quarto a brincar (que nada têm a ver com o target) é completamente absurdo.

Anônimo disse...

É tão básico e com uma direcção de arte tão fraca que me faz lembrar os piores anuncios de concursos de jovens criativos...
Tem piada o subliminar MSTF - 0

Anônimo disse...

Mais uma campanhazinha que não merece estar no portfólio de ninguém, quanto mais no de Portugal.

Anônimo disse...

Ideia fraca, direcção de arte ainda pior. Espero não ser uma aposta da Partners para Cannes!

Anônimo disse...

Mas é obvio que é uma aposta da Partners para Cannes ou para o CCP. Este é o mês de Abril, o mês dos Deadlines dos concursos (eu seiq eu acabava em Março, mas eles prologam sempre) e ainda vai a tempo de ser inscrito. Pessoalmente acho uma boa ideia, e se a direcção de arte é má é porque os graficos dos jogos são maus. Na minha opinião prefiro a campanha da MacCann com os Legos.

Copyleft disse...

O pior trabalho da Partners, (deixa ver se é algum amigo meu) sem dúvida!