terça-feira, abril 3

Postal Free





Agência: Brandia Central
Cliente: Rede Postal Free
Director criativo: Marco Dias
Director de arte: Sofia Vieira
Redactor: Roberto Castro

6 comentários:

Anônimo disse...

E quando não se consegue fazer anúncios faz-se postal free. Postal free ou anúncio o problema é quando se olha para o umbigo e pensamos que tudo o que fazemos é fantástico e que devemos partilhar com o mundo. Neste caso não me parece que seja uma boa ideia, mas também não consigo ler o body copy, fica portanto o beneficio da dúvida.

Athus disse...

Gostei. Parabéns à dupla. Especialmente à menina Sofia. Vais longe miuda.

bj

Anônimo disse...

uma questão actual. boa!

Anônimo disse...

Para quem não conseguiu ler:

"É primitivo apontar o dedo, a piadinha constante e o insulto fácil. É primitiva a discriminação no local de trabalho, os cochichos e o olhar reprovador.
Respeita todas as orientações sexuais."

Anônimo disse...

Não entendo a ideia...
Sei perfeitamente que o mercado homosexual tem grande potencialidade e é um mercado onde existe consumidores "consumistas" e com capacidade financeira...
... mas expliquem-me qual a ideia da Brandia, entrar no loby gay ou porque é fashion?
Continuo a não entender a ideia...

Mário disse...

Outra espécie que ainda existe muito por aí é o HOMO INVEJOSUS.

A ideia está boa, assim como o copy. Não percebo qual a dificuldade em perceber... talvez seja o cotovelo...