domingo, outubro 12

RTP1









Spot de Rádio
Táctica


Título TV Bola
Cliente RTP1
Produto Bola na RTP1
Agência Brandia Central
Director Criativo Tiago Viegas
Redactores João Navarro, Nuno Soares
Directores de Arte Alberto Faria e Pedro Magalhães
Consultores de Marca Vasco Arteiro e João Manuel Oliveira
Responsáveis do Cliente José Fragoso, Marina Ramos e João Lemos Diogo
Produtor da Agência CTP
Produtora Ministério dos Filmes
Realizador Miguel Coimbra
Director de Fotografia Cácá
Pos-Produtora Íngreme
Locução Mónica Mendes
Estúdio de Som Ameba
Produtora de Som Rádio Som de Lisboa
Locutores Rádio Nuno Lopes e Mónica Mendes
Edição e Pós-produção de Som Rádio Henrique Lima
Fotógrafo Krypton Photo




Spot de Rádio
Sondagem


Título TV Manif
Cliente RTP1
Produto Prós e Contras
Agência Brandia Central
Director Criativo Tiago Viegas
Redactores João Navarro, Nuno Soares
Directores de Arte Alberto Faria e Pedro Magalhães
Consultores de Marca Vasco Arteiro e João Manuel Oliveira
Responsáveis do Cliente José Fragoso, Marina Ramos e João Lemos Diogo
Produtor da Agência CTP
Produtora Ministério dos Filmes
Realizador Miguel Coimbra
Director de Fotografia Cácá
Pos-Produtora Íngreme
Locução Mónica Mendes
Estúdio de Som Ameba
Produtora de Som Rádio Som de Lisboa
Locutores Rádio Nuno Lopes e Mónica Mendes
Edição e Pós-produção de Som Rádio Henrique Lima




Cliente RTP1
Produto Olha quem Dança
Agência Brandia Central
Director Criativo Tiago Viegas
Redactores João Navarro, Nuno Soares
Directores de Arte Alberto Faria e Pedro Magalhães
Consultores de Marca Vasco Arteiro e João Manuel Oliveira
Responsáveis do Cliente José Fragoso, Marina Ramos e João Lemos Diogo
Produtora Ministério dos Filmes
Realizador Miguel Coimbra
Director de Fotografia Carlos Alberto (Cácá)
Pos-Produtora Íngreme
Locução Mónica Mendes
Estúdio de Som Ameba
Data de Veiculação Outubro 2008








Cliente RTP1
Produto A Minha Geração
Agência Autopromoção da RTP1
Director Criativo Ricardo Andrade
Data de Veiculação Outubro 2008









Spot de Rádio
Anos 70


Cliente RTP1
Produto A Minha Geração
Agência Brandia Central
Director Criativo Tiago Viegas
Redactores João Navarro, Nuno Soares
Directores de Arte Alberto Faria e Pedro Magalhães
Consultores de Marca Vasco Arteiro e João Manuel Oliveira
Responsáveis do Cliente José Fragoso, Marina Ramos e João Lemos Diogo
Produtor da Agência CTP
Produtora de Som Rádio Som de Lisboa
Locutores Rádio Miguel Guilherme e Mónica Mendes
Edição e Pós-produção de Som Rádio Henrique Lima
Fotógrafo e Ilustrador Mupis Bate Chapas e André Kano
Pós-produção Mupis Bate Chapas
Data de veiculação Outubro 2008

13 comentários:

sérgio alves disse...

Grande tiago, grande trabalho! :)
parabéns a toda a equipa...

Bia disse...

Gosto bastante!
Parabéns a todos*

Anônimo disse...

Muito bom. Só uma pergunta o que faz um «consultor de marca»??

eu disse...

grande campanha!!! parabens nuno

Anônimo disse...

granda patanisca és o maior

Anônimo disse...

alguem tinha que perguntar...
O porquê da musica dos daweasel no fim? estraga um pouco. de resto boa campanha

Anônimo disse...

é uma boa campanha, apesar de alguns trabalhos melhores que outros como é obvio, mas muito bom, sobretudo se pensar que o cliente é a RTP.

Zé Esquinas disse...

adoro tudo o que a Brandia tem feito para a RTP

Anônimo disse...

Gosto muito, Tiago! Parabéns! Ü

Anônimo disse...

filme da bola: já foi feito umas 50 vezes, aliás em todos os desportos e com todos os produtos. Já nem vou às nike, etc... até a gillette já teve um assim.

filme do prós e contras: idem idem

minha geração: idem e mesmo assim mais fraquinho do que já foi feito

mupis/imprensa da bola: gosto, estão com piada, bem produzidos e boa direcção de arte

Anônimo disse...

gosto da campanha! boa produção, boa fotografia, boa direcção de arte.
só acho que a RTP com esta campanha nao sai do registo. Não sei se uma campanha de produto (programação)faz aquilo que a marca precisa.

agora que é uma daquelas campanhas de aprovação fácil e confortaveis para o cliente lá isso.

darling disse...

Excelente trabalho, sem "mas" e "ses".

Pode ser que suba o nível das autopromoções na concorrência.

A SIC, por exemplo, devia tapar a carinha com um saco de papel...

Assim sim.

Anônimo disse...

se calhar é porque a SIC não tem tanto dinheiro como a 'nossa' RTP.
abraços.