quinta-feira, fevereiro 2

O Nosso Portfólio não pactua com injustiças.

Uma colega nossa, copywriter, lançou no mercado português, em 2003, uma colecção de t-shirt´s com um conceito interessantíssimo.



O Rock in Rio decidiu copiar a ideia.



É caso para dizer: só por causa desta, este ano, EU NÂO VOU.

17 comentários:

Anônimo disse...

coisa tipicamente de brasileiros...

Sem Nome disse...

Por mais razão o TC tenha ou não em relação a este assunto, acho que num portfolio só entra os melhores trabalhos. Não queixinhas de que alguém picou o meu trabalho e eu fiz primeiro e ele picou passado dois anos.

TC disse...

Claro, o Nosso Portfólio serve para isso mesmo: para mostrar o trabalho de que nos orgulhamos. Este foi enviado, por e-mail, por alguém que se orgulha do seu, mas que se sente injustiçado ao vê-lo ser copiado por outra marca. Mas o que aconteceu não implica que este não seja um trabalho importante para quem o fez. É importante na mesma. Como tal, decidiu enviá-lo para o Nosso Portfólio. Muito claro.

E se o que o deixou indignado neste post foi o comentário do Nosso Portfólio e não a atitude dos responsáveis do Rock in Rio, permita-nos que lhe diga que as suas análises de valores talvez estejam a precisar de uma boa revisão.

Anônimo disse...

Jogo baixo de brasucas!! é o costume!! Deviam era voltar todos para santa terrinha, beber chopinho, andar o dia todo de havaianas, fazer uns assaltos à mão armada e plantar uns pés de maconha! É tudo a mesma...

Sem Nome disse...

Eu também copywriter, não gosto de ver cópias de trabalho, muito menos do meu, quer dizer se for do meu é bom sinal, é sinal que foi um bom trabalho.

TC não percebeste o que eu queria dizer.
Claro que critico quem pica trabalhos de outros e se glorifica, critico também que num portfolio se critique o trabalho dos outros. Eu quando mostro o meu trabalho, não digo que o trabalho de x ou y picaram a minha peça.

Espero que não haja mais maus entendidos.

TC disse...

Esclarecimentos feitos, passemos ao spot seguinte.

Anônimo disse...

xi... que mal têm os brasileiros?
A seguir vão ser os croatas?

Anônimo disse...

Os croatas são aldrabões?

Anônimo disse...

como dizia miguel sousa tavares no expresso desta semana, o mal não é aquela deputada ser mulher, é aquela mulher ser deputada.

mariannegreen disse...

É dar-lhe com força!!!!

micarlos medeiros disse...

É constragedor constatar que tanta gente ANÔNIMA ataque os outros, sejam eles portugueses ou brasileiros... Mais covardia que "picar" uma peça é usar artifícios preconceituosos para atacar outrem. O Brasil tem diferenças. Mas nem tudo é o que se sabe pela mídia. Ou imposto como prato a la carte no primeiro-mundo que, senão me engana a história, também tem suas sujeiras. Penso que este não é um site de incitação ao preconceito, ao aparthaid, senao diria o que os brasileiro pensam dos portugueses (e falo de presente!), mas acho qu eestaria sendo covarde. E cá entre nós, não vale. O foco deste site, imagino (e seus idealizadores podiam me confirmar) é outro, aquele que move todos: o de se fazer existir, sem necessariamente ferir um povo, seja ele do terceiro ou do primeiro mundo. Pasem bem..

Sem Nome disse...

Não sou brasileiro, não os defendo, nem os ataco, acho que vieram trazer um novo tipo de linguagem à pubicidade portuguesa, que bem precisa e muito apontam-lhes o dedo quando há algo de errado na publicidade, v.g. picar uma peça, falta de trabalho. Mas não se esqueçam quando apontam um dedo a alguém têm mais três a apontar para si.
Por aqui me fico.

D.C. disse...

Tudo isso é inveja caro anônimo? É mais fácil algum brasileiro ir até agência que você trabalha em Portugal e roubar o seu emprego.
O Brasil tem como costume ganhar prêmios e não picar o trabalho dos outros.

TC disse...

Mas que grande confusão vai para aqui. A nacionalidade é completamente independente do carácter das pessoas. Em todo o lado, há de tudo. Certo?

Anônimo disse...

Penso que essa ideia curiosamente já foi utilizada milhares de vezes! A vossa copy não é original! Sorry

Edie Falco disse...

Se a sua amiga foi copiada, por que ela não procura um advogado e processa o Rock in Rio, no lugar de pedir a vc que faça essa figura ridícula, mas bem ajustada para um blogue que diz ser "o nosso portfolio". É que o queixume bacoico e covarde faz parte do portfolio português, é verdade.
Se vc não vai ao Rock In Rio, esta entidade está a cagar solenemente, pois milhares de portugueses sem xenofobia e inveja vão disfrutar deste espectáculo.

Anônimo disse...

sou brasileiro e acho português simplesmente sem criatividade. Esta camisa que sua amiga diz ser original dela, teve sua primeira versão em 1967, criada por Andy Wharol nos EUA por conta de um festival de rock. Falando nisso: vamos por na prisão todos que usarem a imagem de monalisa, ou de uma coração, ou de marilin monroe, ou de che guevara em qualquer propaganda, isso é "picar", ou não??
sinto descobrir que os portugueses têm tanta inveja dos brasileiros a ponto de atacar-nos sem qualquer fundamento. estamos a milhões de anos-luz à frente dos portugueses, em tudo, pricipalmente em propaganda. acho mais fácil, pela história recente da propaganda mundial, essa sua colega ter "picardo" a idéia de algum brasileiro, ou mesmo ter realmente perdido o emprego para algum brasuca. E mais: se esta camiseta foi "criada" por ela (já "picando" Andy Wahrol), foi para qual cliente? quantas foram produzidas? quem viu? ah, vai catar piolho em macaco.
o brasil é muito melhor que 100 portugal, em tudo.