terça-feira, fevereiro 7

Serralves na Assembleia da República











Cliente: Fundação de Serralves
Agência: Mccann Erickson
Redactor: Diogo Anahory
Art Director: José Carlos Bomtempo
Executivo de Contas: Pedro Pina

7 comentários:

Anônimo disse...

NÃO GOSTO DO DO BE, MAS OS OUTROS GOSTEI MUITO.ACHO QUE O DA DEVIA TER TIDO MAIS CUIDADO NAS ILUMINAÇÕES.É DIFERENTE DOS OUTROS TODOS.

Nelinho disse...

Pedro Pina executivo de contas?? ahahahahahahaha

Anônimo disse...

em vez de falarem do trabalho, que é espectacular, estão a martelar no executivo de contas. esta gente...

Edie Falco disse...

A campanha das bandeiras fez escola. Essa é uma campanha "a la bandeiras"

Anônimo disse...

é, realmente, mais uma prova que a criatividade lusitana é dependente da brasileira. concordo plenamente com Edie Falco, campanha "a la bandeiras".
e agora tenho certeza que este Sr. Diogo é um borçal que sobrevive a custa de seu prestígio e não de seu talento como copy. a campanha depende 100% da direção de arte. que pena um rapagão destes se prestar ao papel de picar, e mau, a obra de outros.
fechem suas escolas de propaganda e contratem apenas brasileiros para vossas agências, pode ser que assim consigam colocar o nome de vosso país entre os melhores do mundo. pois depender de pessoas como este borçal com falta de conhecimento (vejam a entrevista horrível dele neste blog) que é Diogo é a morte certa para este mercado. e viva Edson Athaide, o maior publicitário que portugal já teve. ôpa! ele é brasileiro!!! desculpem.

Anônimo disse...

é, realmente, mais uma prova que a criatividade lusitana é dependente da brasileira. concordo plenamente com Edie Falco, campanha "a la bandeiras".
e agora tenho certeza que este Sr. Diogo é um borçal que sobrevive a custa de seu prestígio e não de seu talento como copy. a campanha depende 100% da direção de arte. que pena um rapagão destes se prestar ao papel de picar, e mau, a obra de outros.
fechem suas escolas de propaganda e contratem apenas brasileiros para vossas agências, pode ser que assim consigam colocar o nome de vosso país entre os melhores do mundo. pois depender de pessoas como este borçal com falta de conhecimento (vejam a entrevista horrível dele neste blog) que é Diogo é a morte certa para este mercado. e viva Edson Athaide, o maior publicitário que portugal já teve. ôpa! ele é brasileiro!!! desculpem.

Anônimo disse...

Campanha "a lá Bandeiras"? está tudo maluco. Deixa-me dizer-te que não é, nem parecido, e também não considero um grande anúncio, mas no panorama nacional e nos dias em que vivemos, não está mal (como diria o Bidarra).
Já agora o melhor deste anúncio é do Henrique Cayate