sexta-feira, julho 6

Água Castello











Agência: DRAFTFCB Portugal
Cliente: Mineraqua
Produto: Água Castello
Titulo: Não é água. É Castelo.
Direcção Criativa: Duarte Pinheiro de Mello / Luis Silva Dias
Copy: Aline Arantes
Director de Arte: Alessandro Bêda

46 comentários:

Anônimo disse...

Mas o que é que isto comunica?
Que bebendo Castelo vejo as coisas de forma diferente? O mundo distorce? A água é alucinogénica?
Não gosto!

Anônimo disse...

ME-DO

Anônimo disse...

Qual é a dificuldade de se ser um bocadinho mais inteligente e olhar para isto de outra forma?
Se n dermos coisas inteligentes aos consumidores eles nunca vão conseguir passar dos anuncios Kinder.

Da minha parte Parabens! Tão a tornar a Castello numa marca premium. Isto é publicidade bem feita. E ainda serve na perfeição para decorar os "pontos de venda".

Muito lá!

Anônimo disse...

Não trabalho na FCB, mas a campanha é excelente. Comunica uma água diferente. Uma água com outra visão. Um novo posicionamento. A água castello não é água. É castello. Vês isso na assinatura. Parabéns.

Anônimo disse...

Campanha lindíssima mas totalmente vazia de ideia. Se a linha de texto não fecha o raciocínio de forma coerente, então mais valia não estar lá, assumindo-se uma "campanha bonita".

Anônimo disse...

no aspecto da ideia concordo com o anonimo das 4:07, não percebo a mensagem que querem passar.
logo, não percebo a ideia.
mas gosto muito dos layouts.

Anônimo disse...

Damn, tb n trabalho na FCB mas enervam-me pessoas que insistem em ser burras.

Vamos lá: é senso comum que a água faz um efeito de distorção nos objectos. Logo, aquilo é água.
MAS, e para fechar a ideia, tal como conseguimos ler no copy, faz-se o contraponto e diz-se que aquilo (liquido que tem bolhas, dentro de uma coisa que se percebe que é um copo) não é uma agua qualquer. É castello.

É assim tao dificil?

E não, nao conheço os criativos de lado nenhum.

Anônimo disse...

É definitivamente algo novo no panorama criativo português. como tudo que é novo: Uns vão gostar outros não. Eu gosto. Parabens a quem fez.

Anônimo disse...

Bittencourt tem medo.

Anônimo disse...

boa campanha.
reposiciona muitíssimo bem.
combate de forma eficaz as outras águas.
bonita que se farta.
parabéns.

Anônimo disse...

a idéia que a campanha quer passar é "vamos picar a campanha da vodka smirnoff". uma vergonha...

Anônimo disse...

QUEM TEM ME-DO NUNCA VAI FAZER NADA DE BOM

Anônimo disse...

Gosto dos layouts, sem dúvida que se destacam no meio da cidade! Vejo muito revivalismo.. Mas, também não entendo a ideia, qual é a mensagem.. Alguém me satisfaz a curiosidade? Obrigado :)

Anônimo disse...

Isto faz-me lembrar fortemente uma campanha da Martini, algures no tempo... Faltam as meninas a misturarem-se no fundo do décor.
Fora esse "detalhe", acho que é graficamente apelativa (o que só terá impacto e "ressonância" se o investimento em media acompanhar), mas vazia quer de elementos psicológicos quer sociológicos que provoquem identificação ou adesão pelo consumidor.

Anônimo disse...

Nem parece coisa feita cá. Esses anúncios poderiam estar na Wallpaper. Do lado de Perrier e Evian

Anônimo disse...

Não sei vcs. Estrategicamente lembra-me muito a campanha do Ipod. Não tem conceito mas é linda. No meio de tanta publicidade que tenta dizer algo e não consegue pode não ser de todo mal não ter essa pretenção.

Anônimo disse...

Bom uso da Op(tical) Art. No entanto, parece-me que carece de ideia. A linha de texto e o lay out não se encontram. Cada um seguiu um caminho diferente. Mas tanto esta campanha como a da Rexona aqui em baixo e a da Vodafone casaamexer fazem-me ver algo novo. Pelo menos algo diferente e com visibilidade.

Anônimo disse...

De facto muito original!

http://www.me-myself-and-i.com

>Advertising >Enter ad gallery >Nike Tuned7, Exclusively at FootLocker, 2005.

Anônimo disse...

"Talibãs da Propaganda" - Os Fundamentalistas da Ideia Original.

Fui lá ver. De facto são parecidas. Mas há tanta coisa nesse mundo que pode ter servido de inspiração. Somente pessoas como nós ( hoje é domingo, o tempo está óptimo e eu poderia estar na Costa) acham quem só se faz anúncio a partir de outro anúncio. Morte aos infiéis! Viva Alá!

Anônimo disse...

Concordo! E já me arrependi do post! De facto mas vale uma boa ideia "inspirada" em qquer coisa do que uma má. Além disso só mesmo nós é que temos a mania que as pessoas ligam e sabem essas coisas. Mais vale ter a cidade cheia de mupis gráficos, originais e diferenciadores do que com as coisas que se andam a fazer por ai ultimamente. Além do mais pode ser que sirva para "educar" algumas mentes mais conservadoras que continuam a achar que comunicação é um logotipo e embalagem gigantes.
Viva Alá! Vou ali rebentar e já venho!

Anônimo disse...

Claro que nem toda gente alcança a ideia, e para ser um bom reclame não é preciso ser difícil. Mas não é porque o reclame é difícil que ele chega a ser mal. É muito melhor que a maioria daqueles que nem se comentam de tão irrelevantes. Parabéns FCB.

Anônimo disse...

Água Castello não é unanimidade. Pq sua publicidade deveria ser? Eu gosto de Castello e tb gosto da publicidade. Parabens.

Anônimo disse...

Resumindo...: os directores de arte adoram, os copys detestam....que é como quem diz, ganha a forma ao conteúdo...

...:far from truth?:...

Copy Paste disse...

era bom que estes anúncios fossem o mote para o desparecimento da publicidade feita para pessoas burras que domina neste país da tanga.

Esta ideia até pode não ser nada de especial. faz lembrar a comunicação da smirnoff, mas tem o seu mérito por marcar a diferença.

Anônimo disse...

Não tira partido do produto e nem posiciona nada. Nenhum atributo está expresso. Poderia ser dito por qualquer outra marca do mundo, como já foi estupidamente dito outroas vezes. É como se o Modelo dissesse: "Não é um supermercado. É o Modelo". Ou então: "Não é um shopping. É o Colombo". Ideia vaga, vaga, muito aquém do que a FCB consegue fazer.

Nelson Vicente disse...

Gosto imenso do layout. Esta àgua cheira a Martini que se farta. Certamente vai dar nas vistas. No entanto, até que ponto irá atingir o consumidor? À e tal... vou beber uma castello porque tem riscas distorcidas. Não me parece...

Anônimo disse...

muita giro, só falta ser pertinente.

Anônimo disse...

Gucci, Ferragamo, Vuitton, Maserati, Krug, Brioni, B&O, Christofle, Vogue...

Gosto muito.

Anônimo disse...

Bonito, mas completamente sem propósito. O copy estava de férias quando criaram isso?

Anônimo disse...

Mas que raio de coisa......parece k só os copys é que têm as ideias e os fundamentos para criar e que os DA só executam ou então entregam-se a exercicios de design inspirados a tantas outras coias que estãp em voga......

no fundo, não está longe da verdade...

Anônimo disse...

é um puro exercicio de direcção de arte, mas eu gosto. Parece Guinesss.

Anônimo disse...

Seen it. Paulo Martins personal website
http://www.me-myself-and-i.com

Anônimo disse...

Lindo mas qual a ideia?!

Anônimo disse...

O layout a ideia e o bambu. O layout é lindo, a ideia nem tudo mundo vê.

Anônimo disse...

A Guiness já fez coisas assim neste género. É verdade. Com a enorme diferença que tinham um conceito por trás. Esta campanha - linda - não tem conceito algum. Não é minimamente sustentada. Logo, torna-se irrelevante e deixa de ser um anúncio para ser uma mera "decoração". Ao menos assumissem isso e tirassem dali a ridícula linha de texto.

Anônimo disse...

E o bambu?

Anônimo disse...

Muito original!

http://www.youtube.com/watch?v=7Nkvvo4RvGw

Fred disse...

Tomatada do cliente que aprovou isto!

Anônimo disse...

TMN e a Banda Larga (uma banda larga), GALP 2 Dedos de testa (2 dedos na testa), EDP o mundo em suas mãos (o globo nas mãos), Worten Sempre, Aki Perto de si, Sapo Borla Aí, Super Bock as 7 Maravilhas, Sagres mais do que 7 Maravilhas, Super Bock 8a. Maravilha. Das duas uma: Os que comentam nesse blog estão no desemprego ou as agências onde trabalham têm o telhado de vidro.

Telhado de Vidro? isso dá uma campanha...

Anônimo disse...

Quem porra é o Silvio Santos? Mania que estes brasileiros publicitários que estão no mercado português a trabalhar marcas portuguesas continuarem a pensar que estão no Brasil. Quanto à campanha é como um daqueles exercicios visuais do principio da publicidade. Não diziam nada , mas eram bonitos. E para mim isso chega, para um produto desta categoria. àgua com bolhas.

Anônimo disse...

Que mania desses publicitários portugueses de achar que estão isolados do mundo. Brasileiros em portugal são uma realidade, quer queiram quer não. São parcela significativa da economia, das contribuições a segurança social e a pedra no vosso sapato criativo.

Pedra no sapato? Isso dá uma campanha...

Anônimo disse...

Desafio algum dos "parasitas do seguro desemprego" a explicar onde está a ideia em "Color like no other" da Sony. (Aquele das bolinhas que saltam a descer a rua). Parabens a FCB. Boa campanha. A cidade está linda.

garagedesign disse...

Não gosto desta campanha. Que pena. Podiam ter dado a volta de uma forma totalmente diferente. Mas é apenas a opinião de um designer recém-licenciado.

Anônimo disse...

só se comenta tanto esta campanha, que nem é assim tão bonita, nem é assim tão desprovida de conceito, porque neste mercado não acontece nada!

Anônimo disse...

Ah! Não me diga que concorda comigo! Quando as pessoas concordam comigo, tenho sempre a impressão de que estou errado. Oscar Wilde

Anônimo disse...

Absolut Illusion